9:00 - 18:00

Segunda à Sexta-feira

(41) 3524-9094

Agende seu horário

Facebook

Linkedin

Pesquisar
 
CR Advogados > Direito Civil  > VOCÊ SABIA QUE NO NOSSO PAÍS CULTURALMENTE GRANDE PARTE DA POPULAÇÃO NÃO SE PREOCUPA COM A FORMALIZAÇÃO EM SUAS CONTRATAÇÕES?

VOCÊ SABIA QUE NO NOSSO PAÍS CULTURALMENTE GRANDE PARTE DA POPULAÇÃO NÃO SE PREOCUPA COM A FORMALIZAÇÃO EM SUAS CONTRATAÇÕES?

O fio de bigode vale até o primeiro problema ocorrer, aí com o transtorno nas mãos, as pessoas correm em busca de um advogado para solucionar o embaraço em que se meteram.

Fomos educados na abstrata noção de que o advogado é somente aquele que irá te ajudar quando o imbróglio já estiver formado e não existir mais saída.

Somos um povo de coração grande e habitualmente confiamos nas pessoas, achamos que não será necessário formalizar em um documento expresso a tratativa, porque certamente não teremos problemas, e no final das contas quase sempre temos aborrecimentos pelo não cumprimento do acordado.

Sabe aquele ditado que diz que “o barato sai caro”, pois é, sai mesmo. A demanda não só de dinheiro, mas, de tempo, saúde, estresse é grande quando não temos precaução, sem falar que quando buscamos o Judiciário, entregamos a resolução do nosso problema a um terceiro, que pode decidir contrariamente a seu favor, por ter um entendimento diferente.

Precisamos desmistificar a idéia de que advogado serve somente para quando preciso acionar a justiça, a consultoria por uma equipe especializada, pode certamente evitar prejuízos financeiros e desgastes emocionais futuros.

Assim, para que possamos diminuir a chance da ocorrência de situações inconvenientes, precisamos inserir aos poucos a cultura consultiva em nosso meio.

Quando pensar em contratar com alguém, busque um advogado especialista na área, que certamente poderá lhe instruir da melhor forma em todos os aspectos, o preço que se pagará pelo direcionamento, muito possivelmente será menor que o de um futuro dissabor.

Sobre a Autora

Gerusa Helena Abreu Radziminski é advogada, devidamente inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Paraná. Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC-PR. Pós-graduada em Direito Civil e Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC-PR.

Fale com a Advogada

Nosso e-mail: [email protected]

Aviso Legal

Este artigo não pretende servir de aconselhamento jurídico e não substitui a consulta a um advogado.

Image from Pixabay

Nenhum Comentário

Deixe um comentário